Bem vindo, a cidade de Cunha a Estância Climática do Vale do Paraiba
Paisagem da cidade de Cunha.
Voltar para a cidade de Cunha
A Cidade de Cunha
Eventos e Festas que acontecem na cidade de Cunha
Gastronomia da cidade de Cunha
Turismo - cidade de Cunha
Casas de Artesanato da cidade de Cunha

Acenda uma vela Virtual para Frei Galvão ou Nossa Senhora Aparecida
Vela Virtual acesa
Velas Acendidas:  -1012095 -
Última vela Acendida:

25/04/2017 - 07:18:14
Marilia Alves Cordeiro Truzzi
Charter Township of Clinton - MI
Acenda e faça o seu Pedido.
Acender vela virtual para Frei Galvão Clique aquiAcender vela virtual para Nossa Senhora Aparecida, clique aqui
Guia Turistico de Cunha - Serra da Bocaina
Serra da Bocaina
Foto da Serra da Bocaina - mata a dentro
Clique para saber a localização no mapa
Endereço: Rodovia Cunha - Campos Novos (30 km de estrada asfaltada). De Campos Novos até Macacos (distrito de Silveiras) são 14 km de estrada de terra e de Macacos até o estacionamento do Parque Nacional da Serra da Bocaina são mais 34 km de estrada de terra.
Informações: Estrada da Bocaina, s/n - Centro - São José do Barreiro/SP
Saiba Mais:

O Parque Nacional da Serra da Bocaina foi criado em fevereiro de 1971 com o objetivo de proteger a população das principais cidades brasileiras de um possível acidente nuclear nas usinas de Angra I e II. A idéia surgiu no começo da década de 70, a qual pretendia delimitar um denso escudo protetor, formado por vegetação nativa, nas escarpas da Serra do Mar. E foi com essa finalidade que as autoridades do governo militar resolveram demarcar o Parque. Hoje, porém, passados mais de 35 anos, essa Unidade de Conservação constitui-se na mais rica amostra preservada de Mata Atlântica no país. Localizado entre as duas mais populosas capitais do país, Rio de Janeiro e São Paulo, o Parque Nacional da Serra da Bocaina abrange terras dos municípios de Paraty, Angra dos Reis, São José do Barreiro, Areias, Cunha e Ubatuba, com uma área de 110 mil hectares. Devido a essa proximidade dos grandes centros urbanos o Parque Nacional da Serra da Bocaina sofre constante interferência humana, desde o desmatamento e coleta ilegal de palmito até a caça e pesca predatória, além de invasões. Em função destes problemas o Parque necessita de cuidados redobrados de fiscalização o que não ocorre por falta de recurso humano (de todos os Parques do Rio de Janeiro, é o que possui a menor quantidade de fiscais). A história da unidade é a própria história da colonização do Brasil. A região foi primeiramente explorada pela caça, depois, pelo ouro e diamantes (nas Entradas e Bandeiras), servindo com suas trilhas para envio destas riquezas à Portugal. Estas trilhas mais tarde foram usadas para a entrada de cana-de-açucar e café no Vale do Paraíba. Algumas delas foram alargadas e receberam calçamento feito pelos escravos, para permitir o escoamento da produção já em carretões de tração animal. Hoje estas trilhas constituem o grande atrativo deste Parque, cujo nome teve origem no entrecortado de numerosos caminhos que se estendem pelas depressões da Serra, por entre as elevações do terreno.
Mais Informações: www.ibama.gov.br

Guia Comercial
Guia de Publicidade
© 2006-2010 Portal Vale - O melhor conteúdo do Vale do Paraíba. Todos os direitos Reservados