Baladas e Agitos
Propagandas & WebSites
Home
Anunciantes Portal Vale
Portal Cidades e Comércio
Portal Web Autos
Classificados do Vale
Aeronáutica Concursos
Divulgue no PORTAL VALE, o maior conteúdo do Vale do Paraíba
- SÃO SEBASTIÃO / SP -
São Sebastião
ATIVIDADES ECONÔMICAS
O Porto desempenhou importante papel no desenvolvimento de São Sebastião, numa época em que os meios de comunicação eram escassos, o porto representava o elo de ligação entre o centro administrativo da colônia, a metrópole, as vilas e os povoados do interior. Foi escoadouro de produtos como: açúcar, aguardente, ouro, tabaco café, cerâmica, madeira de lei para construção naval inglesa, etc., e receptor das importações necessárias as vilas e povoados coloniais, tais como: ferragens, tecido, pequeno maquinário
instrumentos médicos, papel e artigos de luxo, moveis, louças e porcelanas.
O porto local, de grande calado natural, além de ser a utilizado para o transporte de mercadorias e pelos navios que faziam o transporte do ouro das Minas Gerais, também era usado por piratas e contrabandistas.
O desenvolvimento econômico de São Sebastião foi baseado em culturas como a cana de açúcar, o café, o fumo e a pesca da baleia. Na metade do século passado a região tinha 106 fazendas, onde 2.185 escravos produziram 86 mil arrobas de café no ano de 1854.

Cena Típica da Cidade - Século XVI

A economia sebastianense entra em declínio com a abolição da escravatura e abertura da ferrovia Santos-São Paulo, o que aumentou a saída de mercadorias pelo porto de Santos. É quando passam a predominar a pesca artesanal e a agricultura de subsistência, com pequenas roças de mandioca, feijão e milho, característica das comunidades caiçaras isoladas mesmo nos dias de hoje.
Nos anos 40, implanta-se a infra-estrutura portuária e nos anos 60 chega o terminal marítimo de petróleo, da Petrobras, fatores decisivos para a retomada do desenvolvimento econômico. A "descoberta" de São Sebastião como destino turístico depois da abertura da rodovia Rio-Santos no final dos anos 70 veio proporcionar a São Sebastião mais uma oportunidade de desenvolvimento, agora baseada no turismo. De maneira controlada e ecológica, o turismo hoje é a vocação assumida pelos sebastianenses como maneira de movimentar sua economia.

São Sebastião e o Petróleo

Em 1961 começaram as obras de oleodutos do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), que perduraram até 1969, ligando São Sebastião à Santos, Cubatão, Paulínia e Capuava. Em 1968 o petroleiro norueguês BJorgfjell realizou a primeira operação de atracação no pier, inaugurando o terminal com o bombeamento de petróleo cru trazido do Iraque.
As estradas continuaram sendo a espinha dorsal para o crescimento da Petrobras, que aqueceu a economia do município ao atrair Comércio e serviços para suprir as necessidades de seus funcionários.

Publicidade -Divulgue em nosso site....

Publicidade
© 2006-2010 Portal Vale - O melhor conteúdo do Vale do Paraíba. Todos os direitos Reservados